Medicina Física e de Reabilitação

Especialidade médica vocacionada para a recuperação de lesões dos músculos, nervos, articulações, tendões e ossos, minimizando o seu impacto na qualidade.

 

A Medicina Física e de Reabilitação tem como principal objetivo permitir aos indivíduos incapacitados conduzi​r a sua vida pessoal e em sociedade da forma que desejam, num contexto de restrições resultantes de doenças ou lesões. Criar soluções, remover ou reduzir barreiras à participação e reintegração em so​ciedade é a nossa missão.

Na Unidade de Medicina Física e de  Reabilitação do Hospital Lusíadas Lisboa centramo-nos na identificação da patologia e na maximização da qualidade de vida e potencial de movimento. Isto abrange o bem-estar físico, psicológico, emocional e social da pessoa que procura os nossos cuidados de saúde, que aqui encontra uma equipa qualificada e motivada, centrada na sua total recuperação. Trabalhamos em equipa com todos os profissionais do hospital que o acompanham - desde o internamento, cuidados intensivos e em ambulatório, até à sua completa reabilitação.​

Dra. Carla Afonso, Coordenadora da Unidade de Medicina Física e de Reabilitação

Dra. Carla Afonso

Coordenadora da Unidade de Medicina Física e de Reabilitação

Principais áreas de interesse:

Diagnóstico e reabilitação de patologia músculo-esquelética, neurológica, reabilitação cardio-pneumológica, oncologia e patologia desportiva. Acupunctura médica Contemporânea, Toxina botulínica, Mesoterapia, Ondas de choque, Visco-suplementação, Infiltração.

Ver Mais

Dr. Diogo Melo Soares

Principais áreas de interesse:

Diagnóstico e reabilitação de patologia orto-traumatológica e músculo-esquelética, patologia desportiva. Neuroreabilitação de patologia central e periférica. Visco suplementação, infiltração intra-articular ombro e joelho, mesoterapia, ondas de choque.

Ver Mais

  • ​Consulta de Fisiatria

A consulta de fisiatria é realizada pelo médico fisiatra, e é composta por uma avaliação clínica e funcional. Nesta consulta é feita uma definição personalizada do programa de reabilitação, que apenas se inicia após esta etapa.

​A Unidade de Medicina Física e de Reabilitação trabalha em estreita colaboração com todas as especialidades médico-cirúrgicas do Hospital Lusíadas Lisboa, assegurando o tratamento diário aos internados, bem como a todos os que nos procuram em regime de ambulatório.

A equipa da Unidade intervém na resolução de problemas que ocorrem em diversas situações clínicas, das quais destacamos:

- Dor, geralmente do foro músculo-esquelético ou por doença do sistema nervoso;

- Períodos prolongados de imobilização que provocam perda de funcionalidade física e psicológica;

- Fraqueza muscular com perda de funcionalidades, como a marcha e autocuidados;

- Espasticidade (aumento involuntário da contração muscular);

- Disfunções vesicais (bexiga) e intestinais;

- Úlceras de pressão (escaras), como sequelas da imobilização nos doentes com lesões neurológicas (AVC, traumatismo cranioencefálico, lesão da medula espinhal), com diabetes, doentes descondicionados ou idosos;

- Disfagia (alterações da deglutição), podendo conduzir a risco de pneumonia de aspiração e malnutrição;

- Dificuldades de comunicação;

- Alterações emocionais, de comportamento e de personalidade;

- Alterações na dinâmica familiar, nas relações pessoais e de trabalho, causadas pela diminuição da funcionalidade e aumento do nível de dependência.

​No Hospital Lusíadas Lisboa, encontra uma equipa multidisciplinar, formada por médicos fisiatras, fisioterapeutas e auxiliares de fisioterapia, especializada nas seguintes áreas:

- Reabilitação Ortopédica e Desportiva;

- Reabilitação Neurológica;

- Reabilitação Pediátrica;

- Mesoterapia músculo-esquelética;

- Tratamento de patologia músculo-esquelética com ondas de choque;

- Viscossuplementação articular;

- Reabilitação de doente mastectomizada;

- Reabilitação de linfedema;

- Reabilitação uroginecológica.​

  • ​Crioterapia e Termoterapia

A terapia pelo frio (crioterapia), conjuntamente com a terapia pelo calor (termoterapia) representa seguramente a mais antiga aplicação terapêutica de agentes físicos. O calor e frio são valiosos coadjuvantes na reabilitação de diversas patologias, devendo ser combinados com as técnicas cinesiológicas e com uma eventual abordagem farmacológica.


  • Eletroterapia

Uso de correntes elétricas com fins terapêuticos.


  • Laserterapia

As indicações terapêuticas do laser são vastas, incluindo patologias dermatológicas, neurológicas e músculo-esqueléticas.

Encontra-se indicado em traumatismos e contraturas musculares, entorses, fraturas, cicatrizes, queimaduras e úlceras, bem como nevralgias, síndrome de dor regional complexo e patologia músculo-esquelética peri-articular.

Está também indicado nas raquialgias e artralgias periféricas associadas a diversas patologias, designadamente osteoartrose e artropatias inflamatórias.


  • Vibroterapia/ultrasons

As ondas de ultrassom, ao penetrarem nos tecidos, provocam uma vibração ao nível celular (micromassagem), movendo todas as partículas internas e estimulando a reabsorção de líquido inflamatório.

Utilização terapêutica em casos de:

- Contratura muscular

- Tendinite

- Capsulite

- Bursite

- Inflamação articular

- Patologias ligamentares e tendinosas

- Osteoartrose


  • Ondas de choque

A terapia por Ondas de Choque é um tratamento não invasivo, através de ondas de pressão de alta energia usadas para tratar a inflamação e dor músculo-esquelética crónica. Promovem a desintegração de calcificações, estimulam os tecidos, melhoram a circulação sanguínea e aceleram o processo natural de cicatrização e de formação de novos tecidos. 

Utilização terapêutica em casos de:

- Ombro doloroso

- Epicondilite

- Dor na lombar

- Dor no tendão de Aquiles

- Tendinite

- Trigger points (pontos de gatilho)

- Calcificações tendinosas

- Alterações da consolidação óssea (pseudoartrose)

- Fasceíte plantar

- Esporão do calcâneo

- Alterações degenerativas do tendão (tendinoses)


  • ​​Viscossuplementação

Tratamento para reposição de fluídos nas articulações com desgaste (artrose). Consiste na colocação de um "lubrificante" (ácido hialurónico) entre as estruturas ósseas e cartilaginosas das articulações, funcionando como uma espécie de "almofada" que faz diminuir o impacto e a dor. Proporciona alívio sintomático significativo e seguro a pacientes com artrose do joelho e anca. 

Utilização terapêutica em casos de:

- Artrose (ligeira a moderada) no joelho e anca;

- Situações clínicas em que há restrição a medicações anti-inflamatórias ou em que estas não tiveram resultados.


  • ​​Mesoterapia

Injeções de microdoses de medicamento entre a epiderme e a derme, o mais perto possível do local a tratar. Tratamento efetuado apenas por médicos com formação específica e após exame ao paciente. Se a medicação oral causa perturbações gástricas ou a fisioterapia não produz os resultados desejados, a mesoterapia pode ser uma boa alternativa, pela baixa toxicidade e atuação no local.

Utilização terapêutica em casos de:

- Dores relacionadas com artrose - nomeadamente, da coluna vertebral (cervicalgias, dorsalgias, lombalgias), anca, joelho e tornozelo;

- Patologias abarticulares (tendinites, bursites, fasceítes) e contraturas musculares;

- Sequelas traumáticas (como entorses e lesões musculares);

- Outras patologias, que não do foro músculo-esquelético, como nevralgias;

- De uma forma geral todas as patologias dolorosas sobretudo resistentes aos tratamentos clássicos.


  • Toxina Botulínica

Vulgarmente associada à área da estética (suavizar rugas), a toxina botulínica é hoje aplicada em diversos tipos de tratamento e nomeadamente nos da Medicina Física e de Reabilitação.

Utilização terapêutica em casos de:

- Espasticidade (aumento do tónus muscular);

- Dor.​


  • ​​Cinesioterapia Pós-Parto

A fisioterapia pós-parto visa ajudar a mulher a lidar com as alterações que o seu corpo sofre no período pós-parto e recuperar a força muscular, dando especial ênfase ao fortalecimento dos músculos da pélvis, coluna e abdómen.

Os objetivos destas sessões com fisioterapeutas são:

- Ensinar às mães exercícios de fortalecimento, alongamento e mobilidade a fim de reencontrar o seu equilíbrio físico e emocional;

- Reeducar a função respiratória e intestinal;

- Estimular o sistema circulatório;

- Orientar os pais na escolha do material e local mais adequados para as várias atividades com o seu bebé (como a muda da fralda, o banho e a amamentação, de forma a prevenir as tão inconvenientes dores nas costas);

- Aprender a prevenir/tratar as perdas de urina quando se tosse, espirra ou faz esforço suplementar;

- Ajudar a prevenir/tratar a diástase abdominal;

- Reduzir as algias associadas ao puerpério;

- Encontrar a melhor solução para os problemas decorrentes da amamentação.​


  • Pilates Terapêutico

O Pilates Clínico é uma forma modificada de exercícios terapêuticos utilizados pelos fisioterapeutas para auxiliar na reabilitação e prevenção de lesões músculo-esqueléticas. É especialmente indicado a quem apresenta alterações posturais, problemas cervicais, dorsais, lombares e de equilíbrio/coordenação. 

Baseia-se em oito princípios básicos: respiração, concentração, alinhamento, centralização, precisão/controlo, movimentos fluídos, isolamento integrado e endurance/repetição.


​​Fisioterapeuta Francisco Tiago Loureiro

Terapeuta Coordenador

Fisioterapeuta formado pela ESSAlcoitão - 1982.

Principal área de intervenção e de interesse: Orto-Traumatologia.

​Fisioterapeuta Alina Rosa

Licenciada pela ESSUatla em 2008.

Principal área de intervenção: Orto-Traumatologia.

Principais áreas de interesse: Orto-Traumatologia e Hidroterapia.

Formação em Bandas Neuromusculares.

​Fisioterapeuta Amália Ferreira

Fisioterapeuta formada pela ESS Egas Moniz em 2002. 

Fisioterapeuta Licenciada em Fisioterapia em 2004.

Principal área de intervenção: Orto-Traumatologia.

Principal área de interesse: Orto-Traumatologia, Respiratória, Drenagem Linfática, Hidroterapia e Pediatria.

Formação em Ft. Respiratória guiada pela Auscultação Pulmonar, Hidroterapia e Reabilitação do Ombro.

​Fisioterapeuta Ana Catarina Olímpio

Fisioterapeuta formada pela ESSAlcoitão em 1995.

Principal área de intervenção: Orto-Traumatologia.

Principal área de interesse: Fisioterapia em C. Plástica, Fisioterapia Neurológica e Respiratória.

Formação em Ft. Respiratória guiada pela Auscultação Pulmonar.

​Fisioterapeuta Ana Patricia Torrão Cardoso

Licenciada em Fisioterapia pela ESTeSLisboa em 2003.

Principal área de intervenção: Orto-Traumatologia.

Principal área de interesse: Orto-Traumatologia, Cirurgia Plástica, Respiratória e Hidroterapia.

Formação em FT Respiratória guiada pela Auscultação Pulmonar e Hidroterapia.

​Fisioterapeuta Ana Paula Ramos de Almeida

Fisioterapeuta formada pela ESS Egas Moniz em 2001.

Licenciada em fisioterapia pela ESS Egas Moniz em 2004.

Principal área de intervenção: Orto-Traumatologia.

Principal área de interesse. Pediatria e Fisioterapia Respiratória.

Formação em FT. Respiratória guiada pela auscultação pulmonar.

Formação em VMNI (ventilação mecânica não invasiva).

Formação na área da Preparação para o nascimento.

Frequência na Pós-Graduação em Fisioterapia Pediátrica (ESSCVP).

​Fisioterapeuta Elsa Cabral

Licenciada pela ESSUatla em 2008.

Principal área de intervenção: Orto-Traumatologia.

Principais áreas de interesse: Orto-Traumatologia, Respiratória, Cirurgia Plástica e Pediatria.

Formação em Fisioterapia Respiratória guiada pela auscultação pulmonar.

​Fisioterapeuta João Costa

Traumatologia Desportiva e fisioterapeuta HPP Sport.

Fisioterapeuta formado pela Escola Superior de Tecnologias de Saúde de Lisboa (ESTeSL) - 1988.

Formação em Cyriax - formação em todos os níveis leccionados pela Sociedade Medicina Ortopédica Inglesa.

Formação em Terapias Manuais; Prelector, em Seminários de 4º Ano do curso de fisioterapia na problemática do ombro; Formação completa em Técnicas de Indução Miofascial / Cadeias Musculares; Docente das Bandas Neuromusculares; Larga experiência na abordagem e tratamento do complexo articular do ombro em unidades hospitalares.

​Fisioterapeuta João Vasconcelos

Fisioterapeuta formado pela ESSAlcoitão - 1984.

Formado em Osteopatia - 2000.

Formação na área da Reabilitação Postural Global.

Prática profissional na área da ortopedia/traumatologia, músculo-esqueléticas.

​Fisioterapeuta Luís Ramusga

Traumatologia Desportiva e fisioterapeuta HPP Sport.

Fisioterapeuta formado pela ESSAlcoitão -1986.

Principal área de intervenção: Traumatologia Desportiva.

Fisioterapeuta Coordenador da Federação Portuguesa de Rugby.

​Fisioterapeuta Maria Manuela Anjos

Fisioterapeuta formado pela ESSAlcoitão em 1979

Principal área de intervenção: Orto-Traumatologia.

Formação em Ft. Respiratória guiada pela Auscultação Pulmonar​

Fisioterapeuta Carla Silva

Licenciada pela Escola Superior de Saúde Egas Moniz em 2013.

Principal área de intervenção: Ortopedia/Traumatologia Músculo-esquelética. 

Principais áreas de interesse: Ortopedia/Traumatologia e Neuromuscular.

Frequência na Pós-Graduação em Materno-Infantil pela Escola Superior de Saúde Egas Moniz. Formação em Pilates Clínico.​


​A Unidade de Medicina Física e de Reabilitação está localizada no Edifício de Ambulatório do Hospital (junto ao metro do Alto dos Moinhos), num espaço moderno e amplo, equipado com os mais modernos recursos, estando apta a realizar os tratamentos específicos desta especialidade, de forma a assegurar uma recuperação rápida e eficaz, com toda a segurança. ​


Consulte aqui a informação detalhada sobre os exames desta expecialidade.
...  
Contacto Geral21 770 40 40

​24h/365dias​​​

Chamadas Internacionais: +351 21 770 40 40

...  
Emailgeral@lusiadas.pt

Escreva-nos um email, coloque as suas dúvidas ou peça-nos uma informação. Estamos sempre disponíveis por este canal.​​

...  
OnlineO Meu Portal Lusíadas

Tão pessoal como a sua saúde.

 
 
 
 ​
...  ​
Presencialmente na nossa Unidade


Rua Abílio Mendes​

1500 - 458 Lisboa