-->

​​A "necessidade de acompanhar a evolução tecnológica dos equipamentos médicos, assim como das técnicas cirúrgicas" levou Gonçalo Neto d'Almeida, Neurocirurgião do Grupo Lusíadas Saúde, a organizar a primeira edição do Curso de Cirurgia Endoscópica da Coluna Lombar, que decorreu no Departamento de Anatomia Humana da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, nos dias 8 e 9 de maio, com o apoio de várias sociedades científicas. Foi a primeira vez que se organizou um curso deste género em Portugal, sobre técnicas endoscópicas para a coluna.

A organização do Curso esteve a cargo do Dr. Gonçalo Neto d' Almeida, do Professor João Goyri O'Neill, Diretor do Departamento de Anatomia Humana da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa e o Dr. Joaquim Pedro Correia, Neurocirurgião do Grupo Lusíadas Saúde e Diretor do Serviço de Neurocirurgia do Centro Hospitalar Universitário do Algarve e contou com a colaboração de dois médicos alemães, especialistas em Neurocirurgia e Ortopedia, respetivamente, Dr. Thomas Lübbers e Dr. Michael Hess.

Para Gonçalo Neto d'Almeida, a importância da adesão às novas técnicas cirúrgicas é fundamental: "A evolução tecnológica permite-nos, atualmente, operar doentes a​ patologias da coluna lombar por incisões de 1cm, com anestesia local e em regime ambulatório, realidade muito diferente do que se passava h​​​​​​​​​​á uns anos". Uma pequena distância que faz uma grande diferença no processo de recuperação dos doentes e na sua qualidade de vida, defende o especialista.

Os 21 médicos que participaram no curso – entre ortopedistas, neurocirurgiões e anestesistas – acabaram por o avaliar muito positivamente, conta Neto d' Almeida. "A avaliação do conteúdo do curso realizada pelos participantes no final do mesmo, através de um inquérito de qualidade técnica e científica, permitiu-nos obter um score de todos os itens analisados acima dos 95%, o que é uma enorme motivação para continuarmos a trabalhar".

Perante tão importante tema e tamanha aceitação, está já a ser organizada a segunda edição deste curso, segundo o neurocirurgião que exerce nos hospitais Lusíadas Lisboa e Lusíadas Albufeira.