-->

​​​​​​O Hospital Lusíadas Porto recebeu, nos dias 22 e 23 de junho, as 1ªs Jornadas Porto-Hamburgo Patologias do Pé, onde decorreu uma troca de experiências e filosofias entre a escola portuguesa de cirurgia do pé e tornozelo com a sua congénere alemã.

Um evento liderado pelo Coordenador da Unidade de Medicina Desportiva e Artroscopia Avançada do Hospital Lusíadas Porto, Paulo Amado, que teve como ponto alto a transmissão de duas cirurgias em direto, com a particularidade de cada p​​​é ter sido intervencionado seguindo as técnicas mais habituais em cada uma das escolas cirúrgicas presentes.

"Foi operada uma doente, de um lado com uma técnica muito usual na Alemanha, que se chama cirurgia LAPIDUS, e do outro lado uma técnica mais usada em Portugal, Chevron", explica Paulo Amado. "A doente neste momento está bem, não tem tido dores, mas tem uma incisão maior do lado alemão, o que é natural pois faz parte da técnica", acrescenta o responsável.

Lembrando que "a escola alemã é habitualmente mais fechada, menos dada a intercâmbios europeus", Paulo Amado aproveitou a "oportunidade" possibilitada pela amizade que mantém com Dany Lopes Ribeiro, cirurgião alemão filho de pais portugueses que foi coorganizador do evento.

Para além da cirurgia em direto, o evento foi ainda marcado por um debate "sobre as diferentes formas de realizar a cirurgia de joanetes" e pela mesa redonda que colocou frente a frente as fiações de tornozelo e as próteses de tornozelo, debatendo-se as vantagens e desvantagens de cada uma das soluções.

Na sessão de abertura, o Presidente do Conselho de Administração do HLP, José Bento, sublinhou a "importância de receber eventos desta natureza" e o "impacto que têm para a melhoria das equipas do Hospital". Na mesma linha, o Diretor Clínico, Filipe Basto, destacou o fator formativo do evento e revelou o "gosto de ver várias gerações representadas na plateia".

No final, os presentes beneficiaram ainda de uma "coincidência propositada", nas palavras do anfitrião Paulo Amado. Com o fim do evento na véspera do dia de São João, a comitiva foi convidada para um passeio pelo rio Douro num barco típico da região, tendo a noite iniciado com uma sardinhada típica na Clínica Médica da Foz, parceira do HLP que recebeu os convidados no ambiente ideal para a festa mais popular da cidade.​