Lusiadas.pt | Notícias | Grupo Lusíadas Saúde analisa nova Tabela do Regime Convencionado da ADSE

26 Outubro 2021

Grupo Lusíadas Saúde analisa nova Tabela do Regime Convencionado da ADSE

A ADSE divulgou a última versão da nova Tabela do Regime Convencionado da ADSE e dos subsistemas IASFA, SAD PSP e SAD GNR no dia 31 de agosto para entrada em vigor no dia 1 de setembro.

O Grupo Lusíadas Saúde, decorrente da análise realizada do impacto dos novos termos, condições e regras da tabela de regime convencionado da ADSE, publicada a 1 de setembro de 2021, tem mantido contatos ativos de forma a apresentar as necessárias medidas de melhoria com o objetivo de garantir a aplicação dos necessários padrões de excelência que pautam o grupo.

A Lusíadas Saúde é o grupo de saúde em Portugal com o maior número de hospitais e clínicas reconhecidos com o selo internacional de segurança e qualidade da Joint Commission Internacional, entidade acreditadora de instituições de saúde mais prestigiada a nível mundial.

À luz destes standards, dos quais a equipa de gestão, o corpo clínico, enfermeiros e demais profissionais de saúde não abdicam, a Lusíadas Saúde reforça que vai continuar a garantir a generalidade da prestação de cuidados de saúde ao abrigo do regime convencionado.

Face ao exposto existe um conjunto de procedimentos e médicos, do corpo clínico dos Hospitais e Clínicas do Grupo Lusíadas, que deixam de estar convencionados com a ADSE. Para o efeito deverá, por um lado, validar no site os médicos convencionados e validar junto das unidades os procedimentos não convencionados.

Neste contexto, os Clientes Lusíadas Saúde que sejam beneficiários da ADSE e dos subsistemas IASFA, SAD PSP e SAD GNR terão acesso a uma Tabela específica, criada pelo Grupo Lusíadas Saúde para os procedimentos clínicos e especialidades de saúde não convencionados.

A Lusíadas Saúde reitera que está a encetar os seus maiores esforços no sentido de garantir um compromisso justo, equilibrado, seguro, previsível e sustentável para todos os intervenientes, passível de garantir a qualidade dos atos e a segurança clínica para os Clientes das suas unidades de saúde e de contribuir para que o sistema de saúde funcione melhor para todos.