Lusiadas.pt | Notícias | Enfermeiro do Hospital Lusíadas Lisboa cria aplicação revolucionária

25 Setembro 2014

Enfermeiro do Hospital Lusíadas Lisboa cria aplicação revolucionária

O Baby Decoder é, nem mais nem menos, que uma aplicação disponível a partir desta semana na App Store, que vai permitir descodificar o choro dos bebés.

Sempre que um bebé chora, sobretudo se for o primeiro filho, toda uma casa se inquieta. A avó garante que é fome, a mãe supõe que sejam cólicas, o pai arrisca que talvez seja só uma birra de sono. Na verdade, ninguém sabe. Ou melhor, ninguém sabia. A partir de agora, e graças a um enfermeiro do Hospital Lusíadas Lisboa (e a um amigo informático), vai ser possível descodificar o choro dos bebés.​

Ricardo Roxo é enfermeiro e pai. O choro dos bebés sempre o deixou nervoso, sobretudo depois de ser pai: «Quando o nosso filho chora esquecemos que somos enfermeiros, esquecemos tudo. Não sabemos o que fazer, ficamos impotentes perante a situação e, depois, a nossa ansiedade ainda agrava mais o choro da criança. Pode ser caótico. Foi então que decidi juntar-me a este amigo de infância que é informático, e criámos o Baby Decoder.»

Baby Decoder é, nem mais nem menos, que uma aplicação disponível a partir desta semana na App Store, que vai permitir descodificar o choro dos bebés. Basta captar o som ambiente da criança a chorar e, segundos depois, aparece no ecrã do telemóvel a razão para aquele desespero. E podem ser cinco, as razões para os tipos de choro descodificados: sono, fome, cólicas, vontade de arrotar, desconforto (dor, frio/calor ou fralda suja).

A aplicação foi desenvolvida tendo por base vários estudos científicos e é ideal até aos 3 meses de idade do bebé (no caso dos rapazes pode dar até aos 6 meses).