-->

​​​​​​​Num evento dedicado à 'Agilidade nas Empresas – os Mitos e a Realidade', Vasco Antunes Pereira participou com a Cristina Campos (Presidente da Novartis Portugal), na 'Conversa entre Presidentes', moderada por Pedro Raposo, Diretor de Recursos Humanos do Banco de Portugal.

'As empresas ágeis necessitam de processos ágeis, metodologias ágeis, organizações ágeis, pessoas ágeis e direções ágeis' – foi este o mote lançado aos dois participantes do debate, onde o CEO da Lusíadas defendeu o conceito da agilidade perante uma "necessidade constante de ajuste a novas tendências e necessidades, que mudam com muita frequência".

Agilidade que muitas vezes implica velocidade na decisão e operacionalização, uma fórmula que acarreta riscos, mas que combate o risco maior de "ser mais lento que um concorrente ou uma startup que decide entrar no nosso mercado".

Referindo várias vezes a cultura do UnitedHeatlh Group, maior grupo de saúde do mundo e detentor da Lusíadas Saúde, Vasco Antunes Pereira referiu a importância da agilidade para um trato personalizado e dedicado, seja perante a individualidade de um cliente ou de um colaborador.