Lusiadas.pt | Blog | Prevenção e Estilo de Vida | Os diferentes batimentos do coração
2 min

Os diferentes batimentos do coração

Todos temos corações diferentes e por isso também batem de forma única. Stresse, cafeína, desporto e idade são alguns dos fatores que influenciam a nossa frequência cardíaca. Quer saber como bate o seu coração? Continue a ler.

A frequência cardíaca é a quantidade de vezes que o coração bate por minuto e o seu valor normal varia entre 60 e 100 batimentos por minuto. Porém, os batimentos do coração podem oscilar com a idade, atividade física ou a presença de doenças cardíacas. Se uma criança tem um ritmo cardíaco mais acelerado, já um idoso apresenta uma frequência mais baixa. E depois há também comportamentos que fazem o nosso coração disparar. Saiba então qual é a frequência cardíaca que tem, segundo a sua idade, o seu estilo de vida e estado de saúde:

  • Bebés

Um bebé quando nasce apresenta um batimento cardíaco acelerado, de 120 a 140 batimentos por minuto;

  • Homens e Mulheres

Os batimentos cardíacos considerados excelentes estão entre os 60 batimentos cardíacos por minuto, em repouso, quer para homens ou mulheres;

  • Desportistas

Um atleta chega a contabilizar menos de 50 batimentos cardíacos por minuto devido à sua condição física;

Se tem dúvidas sobre como se faz um eletrocardiograma e como se deve preparar para este exame, veja este vídeo:

 

  • Seniores

O envelhecimento desacelera os batimentos cardíacos, pelo que os idosos contam, em média, com 60 batimentos cardíacos por minuto;

  • Consumo de álcool, cafeína ou bebidas energéticas

A ingestão de grandes quantidades de álcool, cafeína ou bebidas energéticas aumenta substancialmente o ritmo cardíaco;

  • Stresse

O stresse faz disparar o ritmo cardíaco, podendo uma pessoa com esses sintomas apresentar 90 a 100 batimentos cardíacos por minuto;

  • Doenças cardíacas e outras

As arritmias podem originar uma oscilação no ritmo cardíaco, que tanto pode ser lento, irregular, acelerado ou com sensação de pausa entre os batimentos do coração; Algumas doenças do coração, como a insuficiência cardíaca, e outras doenças não cardíacas, como os problemas da tiroide, a anemia e as doenças pulmonares crónicas, também podem fazer oscilar os ritmos cardíacos.

Ler mais sobre

Coração

Este artigo foi útil?

We appreciate the feedback.

Please include your email if you want us to follow up with you.

PT