Lusiadas.pt | Blog | Prevenção e Estilo de Vida | Nutrição e Dieta | Refeições energéticas: o que comer quando se faz desporto?
2 min

Refeições energéticas: o que comer quando se faz desporto?

O que se deve comer antes de fazer exercício? E quando? Apresentamos algumas propostas de refeições indicadas para quem quer dedicar-se a uma prática desportiva.

As refeições de um adulto devem conter cerca de 2500 kcal por dia na forma de alimentos. As crianças e as pessoas mais idosas consomem menos, no entanto, a prática de uma atividade desportiva faz-nos comer quase o dobro. Essa energia é necessária para que o nosso organismo (coração, pulmões e os restantes órgãos internos) funcione, mas se necessitamos dela quando trabalhamos, também a requisitamos quando estamos em repouso, ou quando pensamos. Uma vez que há tanto em jogo, é indispensável seguir estratégias alimentares equilibradas, com recurso a refeições energéticas saudáveis, para que a prática de uma atividade física seja uma vantagem e não um pesadelo.

 

Antes do exercício - quais as melhores refeições energéticas?

  • 3 a 4 horas antes

A refeição deve ser rica em hidratos de carbono complexos (por exemplo, batata, arroz, massa, etc.) e líquidos (por exemplo, sopa e água).

 

  • 2 a 3 horas antes

Evite ingerir alimentos ricos em gorduras ou fibras, pois têm uma digestão mais demorada e podem causar mal-estar gástrico durante o exercício.

 

  • Até 30 minutos antes

É importante beber água durante todo o dia, mas é essencial nas horas que antecedem a prática de exercício.

 

  • De manhã

Se optar por se exercitar logo de manhã, procure não o fazer em jejum. Escolha uma peça de fruta ou um iogurte sólido.

 

Depois do exercício

  • Logo após – até 60 minutos depois

1 a 2 peças de fruta (ou sumos naturais), pois é rica em hidratos de carbono e minerais, como o magnésio e o potássio, necessários no processo de recuperação muscular.

 

  • De manhã
Se não tomou pequeno-almoço, após o exercício deve repor as energias – essenciais à reconstrução do tecido muscular – consumindo cereais integrais, ricos em vitaminas, proteínas e minerais. De qualquer forma, não há duas pessoas iguais, pelo que é importante pedir ajuda a um nutricionista para que tire o melhor proveito da alimentação e a adeque ao seu treino desportivo.

Ler mais sobre

Nutrição Desporto

Este artigo foi útil?

We appreciate the feedback.

Please include your email if you want us to follow up with you.

PT