Lusiadas.pt | Blog | COVID 19 | COVID 19: dicionário para compreender os termos principais
5 min

COVID-19: dicionário para compreender os termos principais

Em tempos de pandemia, há um conjunto de termos que passaram a entrar nas nossas casas através das notícias. Descodificamos os seus significados.

Aerossol

Suspensão relativamente estável de partículas sólidas ou gotículas dispersas num gás. O mesmo termo também designa um recipiente com uma bomba de pressão que permite aspergir essas partículas ou gotículas.

Anticorpo

Substância produzida no organismo em resposta à presença de um antigénio (uma bactéria, um vírus, etc.), com o qual reage, causando o seu enfraquecimento ou destruição. 

Caso confirmado

Pessoa que preenche os critérios de definição de caso confirmado (clínicos, laboratoriais e/ou epidemiológicos) para uma determinada infeção ou doença (Last, 2007). No caso da COVID-19 são as pessoas com confirmação laboratorial de COVID-19, ou seja, com resultado de rRTPCR para SARS-CoV-2 positivo para pelo menos dois alvos distintos do genoma, dos quais pelo menos um específico para SARS-CoV-2 (que distinga dos outros coronavírus, incluindo o SARS-CoV-1) (Orientação 015/2020 de 23/03/2020 da DGS).

Caso suspeito

Pessoa que preenche os critérios de definição de caso suspeito (clínicos, laboratoriais e/ou epidemiológicos), de uma determinada infeção ou doença (Last, 2007). No caso da COVID-19 são as pessoas que desenvolvam quadro respiratório agudo com tosse (de novo ou agravamento da tosse habitual), ou febre (temperatura ≥ 38.0ºC), ou dispneia / dificuldade respiratória (Norma 004/2020 de 23/03/2020 da DGS).

Comorbilidade

O mesmo que comorbidade; presença ou associação de duas ou mais doenças numa mesma pessoa.

Contaminação

Transmissão de uma doença; contágio; infeção.

Contacto próximo

Quando alguém é diagnosticado com COVID-19, as Autoridades de Saúde fazem a identificação dos contactos próximos dessa pessoa para possibilitar a deteção precoce de outras pessoas potencialmente infetadas, evitando assim a disseminação da doença na comunidade. Esses contactos podem ser de alto ou baixo risco de exposição. Essa avaliação de risco é feita caso a caso pela Autoridade de Saúde.

Contágio

Transmissão de doença por contacto mediato ou imediato

Coronavírus

Designação comum, extensiva a qualquer um dos vírus da família Coronaviridae, capazes de infetar aves e mamíferos causando doenças respiratórias e digestivas (entre as que afetam o ser humano, contam-se a COVID-19, a Síndrome Respiratória do Médio Oriente ou a Síndrome Respiratória Aguda Grave) e que, observados ao microscópio, apresentam uma morfologia característica que recorda a forma de uma coroa. O novo coronavírus, designado SARS-CoV-2, foi identificado pela primeira vez em dezembro de 2019 na China, na cidade de Wuhan. Este novo agente nunca tinha sido identificado anteriormente em seres humanos. A fonte da infeção é ainda desconhecida.

COVID-19

COVID-19 (Coronavirus Disease) é o nome da doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, e significa “Doença por Coronavírus 2019”, fazendo referência ao ano em que foi descoberta.

Epidemia

Quando o número de pessoas doentes ou infetadas é superior ao expectável numa comunidade ou região, num determinado período de tempo. Por exemplo, em Portugal, em 2017, houve uma epidemia de sarampo.

Etiqueta respiratória

O conjunto de medidas que procuram conter na fonte as secreções respiratórias e prevenir a transmissão de vírus: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo.

Gotículas

Partículas de grandes dimensões (> 5µm), com passagem breve pelo ar quando a fonte e o hospedeiro se encontram muito próximos, sendo produzidas durante a fala, tosse ou espirro e assentando rapidamente nas superfícies (Norma nº 029/2012 de 28/12/2012 atualizada a 31/10/2013 da DGS).

Imunidade

Invulnerabilidade natural ou adquirida dos organismos vivos ao ataque de certos agentes infecciosos ou tóxicos; resistência.

Incubação

Período de tempo entre a aquisição de uma doença e a sua manifestação.

Infeção

Ação mórbida originada por agentes microbianos patogénicos introduzidos no organismo. Introdução de elementos nocivos em alimento, substância, etc.; contaminação. Transmissão, direta ou indireta, de doença; contágio.

Isolamento 

Situação de afastamento do contacto com outros por parte de indivíduos doentes, para que não contagiem outros cidadãos. A quarentena e o isolamento são medidas de afastamento social essenciais em Saúde Pública. São especialmente utilizadas em resposta a uma epidemia e pretendem proteger a população pela quebra da cadeia de transmissão entre indivíduos. São das medidas mais efetivas para quebrar as cadeias de transmissão, e por isso utilizadas pelas Autoridades de Saúde para minimizar a transmissão da COVID-19.

Isolamento Profilático

O mesmo que quarentena.

Pandemia

Quando ocorre uma epidemia em mais do que dois continentes. A definição de pandemia não considera a gravidade da doença, mas sim a sua disseminação. 

Período de incubação

Intervalo de tempo entre a infeção e o aparecimento do primeiro sinal ou sintoma da doença em questão (Last, 2007).

Período de infecciosidade

Intervalo de tempo de contágio (ECDC, 2010).

Quarentena

Período de isolamento colocado a indivíduos que se pressupõe serem saudáveis, mas que possam ter estado em contacto com um doente confirmadamente infecioso. O mesmo que isolamento profilático. A quarentena e o isolamento são medidas de afastamento social essenciais em Saúde Pública. São especialmente utilizadas em resposta a uma epidemia e pretendem proteger a população pela quebra da cadeia de transmissão entre indivíduos. São das medidas mais efetivas para quebrar as cadeias de transmissão, e por isso utilizadas pelas Autoridades de Saúde para minimizar a transmissão da COVID-19.

SARS-CoV-2

É o nome do novo coronavírus e significa Severe Respiratory Acute Syndrome (Síndrome Respiratória Aguda Grave). Existe outro coronavírus que causa uma Síndrome Respiratória Aguda Grave, que foi identificado em 2002, este é chamado “SARS-CoV”, por isso o novo coronavírus é designado por “SARS-CoV-2”.

Sintoma

Manifestação ou queixa, referida por um paciente, que traduz uma doença e pode dar indicações sobre o seu diagnóstico

SNS 24

É o centro de contacto do Serviço Nacional de Saúde que está disponível 24 horas por dia através do número 808 24 24 24. A chamada é atendida por profissionais de saúde.

Vacina

Preparação biológica produzida através de microrganismos (vírus ou bactérias) mortos (inativos) ou atenuados, ou através das toxinas por eles produzidos), administrada no sentido de promover imunidade contra uma doença específica (DGS, 2017).

Vigilância ativa e passiva

  • Vigilância ativa

É a monitorização diária de sintomas pela Autoridade de Saúde local durante 14 dias desde a data da última exposição.

  • Vigilância passiva

É a monitorização diária de sintomas pelo próprio durante 14 dias desde a data da sua última exposição.

Vírus

Microrganismo acelular infeccioso, invisível ao microscópio ótico, constituído por uma ou várias moléculas de ácido nucleico (A.R.N. ou A.D.N.) inseridas num envoltório proteico.

Zaragatoa

Instrumento clínico semelhante a um pincel, geralmente constituído por uma vareta com fios de linho ou algodão hidrófilo numa das extremidades, usado para efetuar colheitas de exsudados, aplicar colutórios, etc. Intervenção efetuada com esse instrumento. Exsudado colhido com esse instrumento.

Fontes:

Infopédia - Dicionários Porto Editora, Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, Direção-Geral da Saúde, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central

Ler mais sobre

Coronavírus

Este artigo foi útil?

We appreciate the feedback.

Please include your email if you want us to follow up with you.

PT