Lusiadas.pt | Blog | Doenças | Sintomas e tratamentos | Saúde em Dia: Vigiar as sequelas que ficam depois da COVID-19
1 min

Saúde em Dia: Vigiar as sequelas que ficam depois da COVID-19

O 2.º episódio da websérie “Saúde em Dia” aborda o impacto da COVID-19 na saúde, mesmo depois de a infeção ter terminado.

O teste negativo não significa sempre o final da doença. A síndrome pós-Covid, para a qual o grupo Lusíadas Saúde criou uma consulta específica, consiste no aparecimento de novos sintomas ou na perpetuação de algumas queixas, mesmo depois de o vírus ter desaparecido. Entre eles estão a fadiga, a dor no peito, palpitações ou alterações de memória. 

É fundamental consultar um médico caso estes sintomas se manifestem, alerta Patrícia Maia, coordenadora da Unidade de Medicina Geral e Familiar do Hospital Lusíadas Lisboa, no segundo episódio da websérie “Saúde em Dia”, criada pelo grupo Lusíadas Saúde em parceria com o jornal Público. Com moderação do jornalista Paulo Farinha, assista à conversa sobre esta síndrome, que pode surgir vários meses depois da infeção e que pode ter um impacto grande na saúde, bem-estar e qualidade de vida. 

Ler mais sobre

Coronavírus

Este artigo foi útil?

We appreciate the feedback.

Please include your email if you want us to follow up with you.

Colaboração

Dra. Patrícia Maia

Coordenador da Unidade de Medicina Geral e Familiar

Medicina Geral e Familiar
Hospital Lusíadas Lisboa
PT