Lusiadas.pt > Blog > Doenças > Cancro > Saúde em Dia: o cancro não espera pelo fim da COVID
1 min

Saúde em Dia: o cancro não espera pelo fim da COVID

No 5.º episódio da websérie “Saúde em Dia” falamos sobre como o diagnóstico atempado é uma das mais importantes armas na luta contra o cancro.

Desde março de 2019 que o país se tem concentrado na luta contra a COVID-19. Como resultado, as idas aos hospitais diminuíram drasticamente, o que significa que ficaram muitos pacientes por ver e muitas doenças por detetar ou tratar. É preciso contrariar o medo: é que o diagnóstico precoce e atempado é uma das mais fundamentais armas para vencer o cancro. Por isso, é absolutamente crucial não adiar consultas, análises ou exames e estar atento a sinais como o aparecimento de nódulos, perdas de sangue pelos orifícios naturais, tosse persistente ou emagrecimento sem explicação. 

É este o principal alerta deixado por Sérgio Barroso, diretor clínico e coordenador da Unidade de Oncologia do Hospital Lusíadas Amadora, que, em conjunto com João Monteiro, um testemunho de diagnóstico e superação de doença oncológica em plena pandemia, é um dos protagonistas do quinto episódio da "Saúde em Dia", a websérie da Lusíadas Saúde em parceria com o jornal Público. Assista à conversa moderada pelo jornalista Paulo Farinha. 

 

Ler mais sobre

Doenças Oncológicas

Este artigo foi útil?

Colaboração

Dr. Sérgio Barroso

Coordenador da Unidade de Oncologia Médica

Hospital Lusíadas Amadora:
Clínica Lusíadas Oriente:
PT