Lusiadas.pt | Blog | Prevenção e Estilo de Vida | Nutrição e Dieta | 3 factos que deve conhecer sobre o açúcar
2 min

3 factos que deve conhecer sobre o açúcar

Existe uma aptidão natural para gostarmos de açúcar, daí que deva ser introduzido tardiamente na alimentação. Constitui uma fonte de energia de fácil e rápida assimilação e, por isso, faz parte da dieta de quase todos os países.

Para responder a algumas questões sobre a ação do açúcar no nosso organismo, pedimos a colaboração de Lillian Barros, nutricionista na Clínica Lusíadas Faro.

1. Por que gostamos tanto de açúcar?

O açúcar é o nome dado ao conjunto de hidratos de carbono cristalizados comestíveis e que têm como principal característica o sabor adocicado. Podem encontrar-se na forma processada ou naturalmente em alguns alimentos que consumimos diariamente. O "açúcar verde" é livre de aditivos químicos, sendo a escolha mais correta em termos ambientais. A principal razão pela qual gostamos tanto de açúcar tem que ver com o facto de existir uma região no cérebro que funciona como um agente duplo e que:

  • Ajuda a controlar o apetite;
  • Oferece recompensas após o consumo de açúcar.

Existem investigações a decorrer nesta área e que poderão, um dia, explicar porque é que gostamos tanto de açúcar, sobretudo quando estamos a fazer dieta.

2. O açúcar vicia?

Até certo ponto podemos dizer que o açúcar "vicia" porque o seu consumo afeta a produção de neurotransmissores como a serotonina (associada à sensação de bem-estar) e dopamina (recompensa), associando assim o consumo de açúcares a uma sensação de prazer, bem estar e felicidade. Na sua ausência, ou na quebra do seu consumo, podem ocorrer alterações de humor ou até mesmo perda de controlo sobre o consumo alimentar fazendo com que o organismo peça de forma ávida o consumo de doces, chocolates ou outras fontes de "prazer" (açúcar). No entanto, nem sempre precisamos, efetivamente, de grandes quantidades de açúcar: a Organização Mundial da Saúde recomenda apenas 25 gramas por dia.

3. Cuidados no consumo

Para evitar as hipoglicémias associadas ao consumo exagerado de açúcar (especialmente os refinados) tente moderar o seu consumo, procurando sempre que possível associar alimentos ricos em fibra, que impedem a rápida absorção dos açúcares disponibilizando de forma mais lentificada a sua libertação na corrente sanguínea.

Tipos de açúcar

  • Refinado

É o açúcar puro de cana, composto em 99,9% por sacarose. Embora seja o mais processado é também o mais usado na cozinha.

  • Cristal

Pode ser usado como cobertura na pastelaria. Os seus cristais de maior dimensão ficam bem numa mesa para adoçar o chá ou o café.

  • Mascavado

A sua cor amarelada deve-se a uma maior percentagem de melaço. É mais saudável do que o açúcar branco por ter menos aditivos químicos e maiores propriedades nutricionais.

  • Orgânico 

É o chamado "açúcar verde" já que para a sua produção não se recorre ao uso de aditivos químicos. É, assim, a escolha ambientalmente correta.

Açúcar nos alimentos

  • Frutose

Frutas Mel Bebidas industrializadas

  • Lactose

Leite Queijo fresco Adoçantes em pó Iogurte

  • Sacarose

Mel Frutas Açúcar refinado Açúcar mascavado

  • Amido

Farinha de trigo Batata Arroz Mandioca

Ler mais sobre

Nutrição Dietas

Este artigo foi útil?

We appreciate the feedback.

Please include your email if you want us to follow up with you.

Colaboração

Dra. Lillian Celine Barros

Nutrição Clínica
Hospital Lusíadas Albufeira, Clínica Lusíadas Faro
PT