Lusiadas.pt | Blog | Doenças | Sintomas e tratamentos | Quais são os sintomas da menopausa?
2 min

Quais são os sintomas da menopausa?

A mulher passa cerca de metade a dois terços da sua vida na menopausa, uma vez que esta surge entre os 45 e os 55 anos. A ginecologista Marta Marum Azevedo ajuda a identificar os seus sintomas mais comuns e formas de tratamento.

A menopausa é a data da última menstruação em consequência da falência ovárica definitiva. O seu diagnóstico ocorre após um ano de ausência de menstruação, o que na população portuguesa ocorre habitualmente entre os 45 e os 55 anos (antes dos 40 é considerado precoce).

No entanto, nem sempre as mulheres sentem as mesmas alterações: "Não há uma regra fixa: a mulher pode sentir todos os sintomas da menopausa ou - se tiver sorte - quase nenhum", explica Marta Marum Azevedo, ginecologista no Hospital Lusíadas Lisboa. Saiba quais são.

Sintomas da menopausa

Os sintomas associados à menopausa resultam dos efeitos da depleção de estrogénios a curto, médio e longo prazo.

Sintomas precoces

  1. Sintomas vasomotores, vulgarmente designados de afrontamentos - calor súbito, sudorese intensa, palpitações;
  2. Instabilidade de humor - irritabilidade, insónia.

Tratamentos

O alívio dos sintomas vasomotores é atualmente a única indicação para terapêutica hormonal na mulher em pós-menopausa, e por um período não superior a 5 anos. Como qualquer medicação, a terapêutica hormonal tem contraindicações, devendo os seus riscos e benefícios serem ponderados caso a caso.

Para as mulheres que não possam, ou não queiram, submeter-se a este tratamento hormonal, existem tratamentos alternativos, embora geralmente menos eficazes.

Sintomas intermédios

  1. Atrofia urogenital - alterações que podem trazer prurido, dispareunia, desconforto, com subsequente impacto na vida sexual;
  2. Incontinência e infecções urinárias de repetição.

Tratamentos

O tratamento destes sintomas da menopausa é essencialmente tópico e à base de estrogénios, através da aplicação de creme ou comprimidos vaginais, podendo ser associado à terapêutica hormonal já referida, mas com especial efeito no alívio de sintomas locais.

Sintomas tardios

  1. Osteoporose - resultante da diminuição da densidade mineral óssea, associada ao aumento do risco de fraturas patológicas;
  2. Diminuição da proteção cardiovascular.

Nota final

Como qualquer ponto de viragem, a menopausa é uma oportunidade para educar para a saúde e estimular a alteração de comportamentos relativos à nutrição e à prática regular de atividade física até porque há algumas doenças que estão associadas à menopausa.

É por isso importante que nesta fase da vida da mulher, esta mantenha ou retome a sua vigilância ginecológica regular.

Ler mais sobre

Menopausa

Este artigo foi útil?

We appreciate the feedback.

Please include your email if you want us to follow up with you.

Colaboração

Dra. Marta Marum Azevedo

Ginecologia e Obstetrícia
Hospital Lusíadas Lisboa
PT