2 min

Os benefícios da sardinha

Forma grandes cardumes nas costas portuguesas e é um dos pratos favoritos nas festas dos santos populares. Mas a sardinha não é só saborosa, é também um alimento muito rico do ponto de vista nutricional, tal como revela a nutricionista Lillian Barros, da Clínica Lusíadas Faro.

A sardinha é um peixe altamente nutritivo. De nome científico Sardina pilchardus, da família Clupeidae, não deve faltar à nossa mesa. Fornece, entre outros nutrientes, o ómega 3 (w3), um ácido gordo de que o organismo humano necessita, mas não produz. A sardinha é uma fonte natural de:

  • Proteínas completas e de alto valor biológico;
  • Ferro;
  • Fósforo;
  • Magnésio;
  • Vitaminas A, B, D, E e K.

A mulher na menopausa deve integrar a sardinha na sua alimentação, uma vez que a ingestão deste tipo de alimentos ricos em cálcio e vitamina D, ajudam a preservar os ossos, prevenindo a osteoporose.

Benefícios do ómega 3 nas doenças cardiovasculares

  • Diminuição dos triglicerídeos e colesterol total no sangue;
  • Diminuição do colesterol LDL (mau colesterol) e aumento do HDL (bom colesterol);
  • Redução da pressão arterial de indivíduos com hipertensão leve;
  • Alteração da estrutura da membrana das células sanguíneas, tornando o sangue mais fluído;
  • Boa concentração, boa memória, boas habilidades motoras, boa velocidade de reação, neutralização do stresse.

Cozinhar com sardinha

  • Evite fritar porque compromete as propriedades benéficas da sardinha;
  • Coma ocasionalmente em conserva - desta forma, tem mais sal e mais calorias. Prefira as conservas em água ou em molho de tomate;
  • Coma mais sardinhas grelhadas;
  • Idealmente, acompanhe com legumes. Já está a comer 5 frutas ou legumes por dia?

Como comprar

As recomendações para comprar sardinha são as transversais a todos os peixes.

  • Pele firme, com aspeto brilhante e com odor característico;
  • Olhos limpos brilhantes e salientes;
  • Escamas sem falhas e aderentes à pele;
  • Guelras rosadas e odor característico, não muito forte;
  • Sem contaminantes, como areia e outras sujidades.

Ler mais sobre

Nutrição

Este artigo foi útil?

We appreciate the feedback.

Please include your email if you want us to follow up with you.

Colaboração

Dra. Lillian Celine Barros

Nutrição Clínica
Hospital Lusíadas Albufeira, Clínica Lusíadas Faro
PT