Lusiadas.pt | Blog | Prevenção e Estilo de Vida | Nutrição e Dieta | Cacau: conheça as suas propriedades nutricionais
3 min

Cacau: conheça as suas propriedades nutricionais

Do latim Theobroma cacao, que significa “cacau, o alimento dos deuses”, podemos encontrá-lo sob a forma de pó, pepitas ou em barra. Saiba mais sobre este alimento e como consumi-lo de forma saudável.

O cacau é o fruto do cacaueiro e o principal ingrediente do chocolate. É um fruto naturalmente amargo, pelo que lhe é adicionado açúcar e outros ingredientes, como leite e frutos secos durante o fabrico do chocolate. A definição de “alimento dos deuses”, deve-se ao facto de apresentar um variado leque de benefícios para o nosso organismo, entre os quais:

  • É rico em polifenóis e flavonoides, que têm um efeito antioxidanteno nosso organismo (protegem as nossas células dos radicais livres a que estamos diariamente sujeitos);
     
  • Contém catequinas, que auxiliam na redução do colesterol total e em particular, do mau colesterol (LDL);
     
  • Providencia uma boa quantidade de fibra, que contribui para o bom funcionamento do trânsito intestinal;
     
  • O seu aporte em vitaminas do Complexo B, em particular de Niacina, contribui para a tonicidade muscular, no sangue e nos nervos;
     
  • Possui um bom teor de ferro, prevenindo situações de anemia;
     
  • Tem um excelente aporte de magnésio, essencial para o correto funcionamento do coração e para o desenvolvimento da estrutura óssea, em conjunto com o cálcio;
     
  • Contém anandamida, que induz a libertação de dopamina, neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar, e teobromina, que induz um relaxamento físico e intelectual;
     
  • Apresenta quantidades interessantes de triptofano, um aminoácido essencial crucial na produção de serotonina e melatonina, dois neurotransmissores importantes na regulação do humor.

 

Atenção que até aqui falámos das propriedades do cacau e não do chocolate. Ao escolher um chocolate, e para usufruir dos benefícios do cacau, prefira um chocolate com maior teor de cacau, amargo ou escuro. O chocolate de leite e o chocolate branco têm pouca quantidade de cacau e um grande teor de açúcar e gordura, pois uma barra de chocolate de leite contém cerca de 30% de cacau e os restantes 70% são açúcar, manteiga de cacau, leite, emulsionantes e aromas.

Ou seja, quando as consome está a ingerir muito pouca quantidade de cacau e uma grande quantidade de hidratos de carbono e gorduras, logo, pouco ou nada vai usufruir das propriedades benéficas do cacau referidas anteriormente. Assim, é importante ler sempre o rótulo e a lista de ingredientes e preferir o chocolate preto, com pelo menos 70% de cacau na sua composição!

Como consumir?

  • Em substituição do tradicional chocolate em pó para adição no leite. Prefira os tipos em pó sem açúcar adicionado;
     
  • Em doces (saudáveis e com baixo teor de açúcar!);
     
  • Se for sob a forma de pepitas, pode adicionar aos cereais de pequeno-almoço, a papas e batidos;
     
  • Pode adicionar um quadrado de uma barra de chocolate negro às papas de aveia;
     
  • Utilizar na confeção de cremes, como topping de salada de frutas, panquecas e papas de aveia.

Concluindo:

  • Opte por chocolates com um elevado teor de cacau (>70%), de forma a beneficiar das excelentes propriedades nutricionais deste fruto;
     
  • Lembre-se que o chocolate de leite e o chocolate branco têm muito pouco cacau na sua composição e, por norma, muito açúcar e gordura;
     
  • Verifique sempre o rótulo e a lista de ingredientes dos produtos alimentares para se certificar que possuem um adequado teor de cacau.

Ler mais sobre

Nutrição

Este artigo foi útil?

We appreciate the feedback.

Please include your email if you want us to follow up with you.

Autoria

Dra. Tânia Furtado

Nutrição Clínica
Hospital Lusíadas Lisboa, Clínica Lusíadas Almada, Clínica Lusíadas Parque das Nações
PT