Lusiadas.pt | Blog | Prevenção e Estilo de Vida | Saúde da Família | Use protetor solar o ano inteiro
2 min

Use protetor solar o ano inteiro

Mesmo quando o sol não espreita, não se deixe enganar: os raios ultravioleta estão presentes todo o ano e são nocivos para a pele e para os olhos. Sabia que o uso regular do fotoprotetor durante a infância e adolescência reduz a incidência na vida adulta do cancro cutâneo em 78%?

Mesmo quando o sol não espreita, não se deixe enganar: os raios ultravioleta estão presentes todo o ano e são nocivos para a pele e para os olhos. Sabia que o uso regular do fotoprotetor durante a infância e adolescência reduz a incidência na vida adulta do cancro cutâneo em 78%? Com a ajuda de Ana Barata Feio, coordenadora da Unidade de Dermatologia da Clínica de Stº António, ajudamos na escolha do protetor solar mais adequado para si e para a sua família, o ano inteiro.

Como escolher o protetor solar?

Os fotoprotetores são uma mera ferramenta cujo benefício depende de como são utilizados, protegem a pele da radiação ultravioleta (UV) e atuam absorvendo, refletindo ou dissipando a luz solar. Os ecrãs mais comerciais são uma combinação de dois ou mais agentes fotoprotetores de modo a protegerem dos UVB e também UVA. Preparados com fator de proteção solar superior a 30 tendem a ter uma cobertura de amplo espetro, pois absorvem parte dos UVA.

Ecrãs físicos

  • Absorvem, refletem ou dissipam a radiação visível e os UV;
  • São essencialmente o óxido de zinco, dióxido de titânio, óxido magnésio, talco, cloreto férrico e calamina;
  • Pela enorme capacidade de refletir e dissipar a luz solar (e de não irritar os olhos) são recomendados para as crianças, especialmente nas zonas de pele sensível (nariz, orelhas e lábios);
  • Tradicionalmente mais opacos e de difícil remoção, já existem ecrãs físicos micronizados e fluidos que reduzem a sua visibilidade na pele. Também existem coloridos, para que as crianças colaborem com a aplicação como se tratasse de uma brincadeira.

Ecrãs químicos

  • Os agentes químicos atuam como filtros protetores por absorverem a radiação UV;
  • Podem ser apresentados na forma de cremes geles, loções sprays ou espuma;
  • São transparentes e criam um fino filme transparente quando aplicados na pele o que os torna cosmeticamente agradáveis.

Como e quando usar o fotoprotetor?

  • Deve ser igual ou superior a 30 para a atividade diária;
  • Deve ser aplicado diariamente pela manhã na pele fotoexposta, incluindo pavilhões auriculares e dorso dos pés e mãos;
  • Deve evitar-se o Sol das 11 às 17 horas;
  • Deve ser aplicado 30 minutos antes da fotoexposição para permitir a penetração na camada da pele;
  • Deve conter ecrãs que protejam contra os UVB e UVA;
  • Peles claras que nunca bronzeiam ou necessitam de proteção antienvelhecimento ou anti-hiperpigmentação necessitam fotoprotetores com FPS 50+ e os tons mais escuros entre 30 a 50;
  • Mesmo sendo à prova de água devem ser reaplicados após a natação ou transpiração;
  • Qualquer protetor solar deve ser reaplicado cada 1 ou 2 horas;
  • Todas as pessoas devem usar também óculos de fotoproteção UV.

Sublinhamos que

O uso regular do fotoprotetor durante a infância e adolescência reduz a incidência na vida adulta do cancro cutâneo em 78%.

Ler mais sobre

Proteção Solar

Este artigo foi útil?

We appreciate the feedback.

Please include your email if you want us to follow up with you.

Especialidades em foco neste artigo

Revisão Científica

Dra. Ana Barata Feio

Coordenador da Unidade de Dermatologia

Dermatologia
Clínica de Stº António, Hospital Lusíadas Lisboa
PT