Lusiadas.pt | Blog | Prevenção e Estilo de Vida | Nutrição e Dieta | Chocolate: os prós e os contras
2 min

Chocolate: os prós e os contras

O chocolate é adorado quase universalmente e tem vários benefícios para a nossa saúde, assim como desvantagens. Fique a conhecer os dois lados.

O facto de ter um sabor que muitos consideram delicioso faz com que seja uma tentação difícil de resistir, até porque porque provoca uma sensação de bem-estar quando o comemos. Dizemos-lhe os prós e os contras do chocolate, tendo sempre em conta que a palavra de ordem deve ser moderação.

Os benefícios do chocolate 

O chocolate tem, na sua composição, substâncias com benefícios para a saúde já comprovados pela ciência. Vamos falar-lhe dos mais importantes:

Flavonoides

"Ainda não há uma recomendação oficial da quantidade de flavonoides ou dos alimentos ricos em fitoquímicos que devem ser ingeridos para serem benéficos à saúde", explica Lillian Barros, nutricionista na Clínica Lusíadas Faro. E acrescenta: "recentes estudos indicam que os flavonoides encontrados no cacau têm várias ações favoráveis", incluindo:

Estes efeitos são ainda mais potenciados se a percentagem de cacau presente no chocolate for superior a 70%.

Teobromina

Presente nos produtos com cacau está também a teobromina, um fotoquímico com ação diurética, que atua como estimulante ligeiro do sistema nervoso central, do sistema respiratório e dos músculos cardíacos.

Vitaminas e sais minerais

O chocolate é ainda rico em minerais como o manganês, o potássio e o magnésio e contém vitaminas do complexo B.

As desvantagens

"Não devemos ignorar que no chocolate existe também gordura, o que não torna esta tentação tão perfeita", lembra Lillian Barros. "No seu processamento, alguns tipos podem ter leite e gordura hidrogenada, tornando-os verdadeiros vilões para a saúde por aumentarem muito seu valor calórico", especifica a nutricionista, lembrando que o chocolate preto com mais de 70% de cacau é a opção mais saudável, sobretudo se feito a partir dos grãos de cacau torrados. Mesmo assim, e mesmo que se trate de chocolate preto, não exagere.

Ler mais sobre

Nutrição

Este artigo foi útil?

We appreciate the feedback.

Please include your email if you want us to follow up with you.

Dra. Lillian Celine Barros

Nutrição Clínica
Hospital Lusíadas Albufeira, Clínica Lusíadas Faro
PT