Centro Multidisciplinar da Patologia da Tiroide

A Cirurgia Endócrina dedica-se ao diagnóstico e tratamento de patologia benigna e maligna de glândulas endócrinas: tiroide, paratiroide, suprarrenal e sistema neuroendócrino do aparelho digestivo (gastro-entero-pancreáticas), cujo tratamento seja cirúrgico.
 
Destas, as patologias da tiroide são as mais conhecidas e as mais frequentes - a doença nodular, benigna ou maligna com ou sem disfunção.  A dedicação e experiência profissional são decisivas na melhor atitude em cada caso, sobretudo nas doenças malignas. 
 
Já as particularidades das doenças da paratiroide (cuja patologia mais habitual é o hiperparatiroidismo), da suprarrenal e, mais ainda, dos tumores neuroendócrinos, que são menos frequentes e até raros, requerem uma especialização profunda e detalhada.
 
A Cirurgia Endócrina destaca-se por duas razões fundamentais: o empenho multidisciplinar e multiprofissional, basilar nesta valência cirúrgica e a exigência de cirurgiões especialistas e experientes.

 
Nesta área, nem sempre se trata apenas um órgão, mas sim um sistema, tendo em conta a influência das hormonas na funcionalidade global do organismo. A compreensão destes mecanismos e do seu equilíbrio obriga a que a Endocrinologia e a Cirurgia Endócrina (e também a Anestesia) andem de braço dado, pois no processo que vai desde o desafio diagnóstico até à decisão do melhor tratamento, estas disciplinas complementam-se na perfeição. Mas estas especialidades nada fazem se não estiverem alinhadas com profissionais experientes da Imagiologia, da Anatomia Patológica, da Medicina Nuclear e da Otorrinolaringologia .
 
A realidade é que nem sempre a decisão terapêutica é a cirurgia. E esta decisão é tomada em equipa, depois de ponderados os vários fatores e o risco/benefício de todas as alternativas terapêuticas possíveis para cada caso particular. Outras especialidades também envolvidas são, no caso específico de tumores neuroendócrinos, a Gastroenterologia e a Oncologia Médica.
 
É fundamental uma relação estreita e dinâmica entre os vários profissionais de saúde envolvidos. Este Centro conta com uma equipa multidisciplinar motivada, dedicada e, sobretudo, centrada no doente, o que potencia em muito o profissionalismo.

Os nossos serviços

O Hospital Lusíadas Lisboa tem um Centro Multidisciplinar da Patologia da Tiroide orientado para dar uma resposta personalizada e atualizada a pessoas com doença endócrina cujo tratamento possa vir a ser cirúrgico.
 
A decisão terapêutica é tomada em equipa, depois de ponderados os vários fatores e o risco/benefício das alternativas terapêuticas possíveis.
 
Quanto às opções terapêuticas, o Centro segue as técnicas cirúrgicas atuais selecionando e executando técnicas menos invasivas, seguras e eficientes para cada caso.
 
Nos últimos anos, desenvolveram-se técnicas percutâneas minimamente invasivas, ecoguiadas, para tratamento dos nódulos da tiroide, como a injeção percutânea de álcool (IPA) e a ablação com LASER (light amplification by stimulated emisson of radiation).
 
A IPA é bem tolerada, permite o tratamento eficaz de determinadas lesões da tiroide com poucos efeitos secundários e já está disponível no nosso Centro.
 
A ablação percutânea ecoguiada com LASER (APL) é um procedimento inovador, que utiliza a luz laser para a destruição irreversível de um nódulo “in situ” com bons resultados estéticos e sem alteração do funcionamento da tiroide, evitando a cirurgia.

Patologias cirúrgicas do foro endócrino

O Centro Multidisciplinar da Patologia da Tiroide está organizado em dois grupos multidisciplinares:
 

Equipa | Patologias da Tiroide e Paratiroide

Este grupo conta com especialistas de Endocrinologia, Imagiologia, Anatomia Patológica, Medicina Nuclear, Otorrinolaringologia e Cirurgia Geral e Endócrina, com experiência nesta área clínica. Reúne regularmente para discussão de casos clínicos.
 
Neste grupo são discutidos os casos com patologia da tiróide, como nódulo da tiroide, bócio multinodular, disfunção tiroideia e tumores malignos. São também avaliados casos com patologia da paratiroide, sendo o mais habitual casos esporádicos de hiperparatiroidismo primário, ou associados a síndromes genéticos.
 
As discussões visam encontrar a melhor estratégia terapêutica ou diagnóstica para cada indivíduo, seguindo protocolos de atuação estruturados e atualizados de acordo com os guidelines internacionais.

 

Equipa | Patologia Suprarrenal e Tumores Neuroendócrinos

Este grupo conta com o expertise de médicos das várias especialidades que se dedicaram nos últimos anos a estes raros tumores.
 
À semelhança do grupo de tiroide e paratiróide, este grupo conta com especialistas de Endocrinologia, Imagiologia, Anatomia Patológica, Medicina Nuclear, e Cirurgia Geral e Endócrina, além das disciplinas de Oncologia Médica e a Gastroenterologia, fundamentais na abordagem multidisciplinar dos tumores neuroendócrinos. Estes tumores são raros e muito heterogéneos, com origem em diferentes locais anatómicos do organismo,  representando entidades  que diferem no seu comportamento biológico e apresentação clínica. A sua abordagem diagnóstica e terapêutica, bem como o prognóstico depende da localização do tumor primário e das suas características próprias. Novas terapêuticas emergem continuamente sendo esta uma áerea da medicina em rápida e constante atualização. É imprescindível a sua abordagem multidisciplinar com elementos das várias especialidades envolvidas, com interesse, experiência e profundo conhecimento científico do tema.

 
Os casos de patologia da suprarenal apresentam-se por vezes com alterações hormonais desafiantes que necessitam um controlo pré, intra e pós-operatório rigoroso, que envolvem um trabalho conjunto e consistente entre a anestesia, o cirurgião e o endocrinologista.
 
É o objetivo deste Centro Cirúrgico Especializado oferecer um atendimento diferenciado, com estrutura multidisciplinar, capaz de dar resposta individualizada, atualizada, rigorosa e atempada a todos os doentes com patologia endócrina que a ele recorram.

Tratamento não cirúrgico de Nódulos da Tiroide

No nosso Centro, a seleção dos nódulos com indicação para tratamento com Laser é avaliada numa Reunião Multidisciplinar, composta por várias especialidades (Anatomia Patológica, Cirurgia, Medicina Nuclear, Radiologia, entre outras) por forma a garantir que a nossa atitude seja a mais correta na abordagem daquele nódulo e de acordo com as mais recentes diretrizes científicas.

 

Técnicas de Intervenção em Endocrinologia - Tratamentos não cirúrgicos de Nódulos da Tiroide

Termo-ablação por Laser da Tiroide 

As técnicas ablativas percutâneas sob orientação ecográfica constituem um tratamento inovador no tratamento de nódulos da tiroide. 

O nosso Centro é especializado em termo-ablação por Laser na patologia nodular da tiroide. 

A termo-ablação por laser é uma técnica minimamente invasiva, precisa e segura no tratamento de nódulos da tiroide

A técnica consiste em inserir uma agulha especial (conectada a um aparelho de laser) no nódulo, e destruí-lo pela ação térmica do laser. Os nódulos tratados sofrerão depois redução progressiva de volume ao longo dos meses e anos seguintes. 

 

O tratamento de nódulos da tiroide com laser oferece várias vantagens:

1 - Minimamente invasivo: o tratamento com laser é não cirúrgico, o que significa que não há incisões na pele, resultando em menor trauma;

2 - Recuperação rápida: como não há cirurgia envolvida, a recuperação é mais rápida em comparação com procedimentos cirúrgicos tradicionais;

3 - Menos dor e desconforto: o tratamento com laser é praticamente indolor causando apenas um ligeiro desconforto durante e após o procedimento, reduzindo a necessidade de anestesia e facilitando a recuperação.

4 - Menor risco de complicações: ao evitar a cirurgia tradicional, há um menor risco de complicações, como infeção, hemorragia e lesão dos tecidos circundantes.

5 - Preservação de tecido tiroideu saudável: o laser é altamente preciso e direcionado, o que permite que os médicos preservem o tecido saudável ao redor da área afetada, e por isso sem alteração do funcionamento da tiroide.

6 - Resultados eficazes: o tratamento com laser tem demonstrado ser eficaz na redução do tamanho dos nódulos da tiroide e no alívio dos sintomas associados, proporcionando resultados positivos para os doentes (redução de 50-70% do volume dos nódulos).

 

Estas vantagens, fazem da termo-ablação com laser uma opção atraente para quem procura uma abordagem menos invasiva para o tratamento da patologia nodular da tiroide.

Coordenação

Dra. Rita Roque

Dra. Rita Roque

Unidades

Hospital Lusíadas Lisboa
Clínica Lusíadas Oriente
videoconsulta

Teleconsulta

Contactos

Fale connosco

21 770 40 40

8h às 19h, segunda a sábado. WhatsApp 965 965 301

Lusíadas
Descarregue a app +Lusíadas para mais saúde

Presencialmente

Rua Abílio Mendes

​1500-458

Lisboa