No Centro de Oncologia Lusíadas Lisboa a prática assistencial é baseada na mais recente evidência científica e clínica, na experiência adquirida em casos de diversas complexidades e na atuação integrada de equipas interdisciplinares especializadas. Tudo isto permite oferecer a estratégia terapêutica mais eficaz e adequada a quem nos procura.

Os doentes recebem cuidados das equipas interdisciplinares que englobam especialidades como a Oncologia Médica, a Cirurgia, a Radioncologia, a Hematologia, os Cuidados Paliativos, a Imagiologia, a Anatomia Patológica, a Medicina Nuclear, a Genética, a Cardiologia e a Fisiatria. 

Garantimos ainda o apoio de uma equipa multidisciplinar dedicada de farmacêuticos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos, entre outros, que atuam de forma integrada para oferecer um atendimento abrangente e, ao mesmo tempo, especializado, personalizado e humanizado.
 

Image Section
knkn

 

 

No Centro de Oncologia Lusíadas Lisboa os doentes são o foco de tudo o que fazemos.

Image Section
oncologia

 

No Centro de Oncologia Lusíadas Lisboa a prática assistencial é baseada na mais recente evidência científica e clínica, na experiência adquirida em casos de diversas complexidades e na atuação integrada de equipas interdisciplinares especializadas. Tudo isto permite oferecer a estratégia terapêutica mais eficaz e adequada a quem nos procura.

Os doentes recebem cuidados das equipas interdisciplinares que englobam especialidades como a Oncologia Médica, a Cirurgia, a Radioncologia, a Hematologia, os Cuidados Paliativos, a Imagiologia, a Anatomia Patológica, a Medicina Nuclear, a Genética, a Cardiologia e a Fisiatria. 

Garantimos ainda o apoio de uma equipa multidisciplinar dedicada de farmacêuticos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos, entre outros, que atuam de forma integrada para oferecer um atendimento abrangente e, ao mesmo tempo, especializado, personalizado e humanizado.

No Centro de Oncologia Lusíadas Lisboa os doentes são o foco de tudo o que fazemos.

A nossa missão é cuidar de cada um da melhor forma que sabemos, respeitando os seus desejos e necessidades, focando-nos na pessoa e não na doença.

Oferecemos uma assistência integrada de alta complexidade, humanizada e centrada nas necessidades e na segurança de todos os doentes.

O Centro de Oncologia tem em funcionamento vias preferenciais rápidas – Fast Tracks – que permitem obter com rapidez o diagnóstico e a proposta terapêutica mais adequada a cada caso.

Cada doente é atendido por uma equipa interdisciplinar e realiza exames para o diagnóstico e estadiamento preciso da doença, fundamentais para definir a melhor estratégia terapêutica personalizada.

Cada equipa interdisciplinar centra-se numa área de atuação, o que permite oferecer um plano de tratamento individualizado. Nele são utilizadas as melhores opções terapêuticas, baseadas em evidências científicas e visando a maior eficácia e melhor qualidade de vida.

A aplicação dos biomarcadores e o conhecimento molecular da doença contribuem para a medicina de precisão na abordagem terapêutica. Os casos são discutidos pelas equipas, considerando as características específicas dos doentes e dos tipos de tumores, e é feita a avaliação da eficácia de tratamentos inovadores, como imunoterapia, terapêuticas biológicas e tecnologias cirúrgicas.

O Centro de Oncologia trabalha em estreita colaboração com o Lusíadas Knowledge Center — a unidade responsável pelo ensino e investigação do Grupo Lusíadas Saúde — permitindo o acesso a estudos clínicos de novas abordagens diagnósticas e terapêuticas.
 

Oncologia Médica

A Oncologia Médica participa no planeamento interdisciplinar do tratamento e coordena a administração dos tratamentos antineoplásicos não cirúrgicos, como a quimioterapia, a hormonoterapia, a imunoterapia ou a terapêutica biológica.

Quimioterapia

Os fármacos de quimioterapia atuam na corrente sanguínea e destroem as células tumorais, impedindo a sua divisão e crescimento.
Saber mais sobre quimioterapia 

 

Hormonoterapia 

Alguns tipos de cancro são sensíveis ou dependentes de hormonas para crescerem. A hormonoterapia é um tratamento que utiliza medicamentos para diminuir ou bloquear os níveis de hormonas no organismo e assim diminuir ou travar o crescimento das células tumorais.

O que é a hormonoterapia?
Vários tipos de cancro do aparelho reprodutor, como alguns cancros da mama e da próstata, desenvolvem-se na presença de hormonas.
A terapêutica hormonal – que pode ser administrada por via oral ou subcutânea – atua alterando a quantidade destas hormonas no organismo. O objetivo é reduzir a probabilidade de crescimento e propagação dos tumores.

 

Imunoterapia 

A imunoterapia é um tratamento oncológico pioneiro que estimula o sistema imunitário a lutar contra o cancro.

O que é a imunoterapia?
A imunoterapia é um tipo de tratamento relativamente recente que estimula o sistema imunitário a combater o tumor. Esta terapia faz reativar ou desbloquear o sistema imunitário, voltando a permitir que ele reconheça e elimine células malignas.
A obtenção de resultados pode ser relativamente demorada. Mas havendo uma resposta positiva do organismo à terapêutica, ela é duradoura, uma vez que a memória do sistema imunológico é “programada” para destruir células tumorais, mantendo a doença controlada.
Os resultados mais favoráveis da imunoterapia têm sido registados nos cancros do pulmão, urotelial, do rim, da cabeça e pescoço, no melanoma e no linfoma de Hodgkin, embora nem sempre como terapêutica de primeira linha.
Noutros tipos de cancro, como o da mama, os resultados não têm satisfeito os objetivos. A imunoterapia poderá, assim, não ser opção para alguns doentes.
No plano dos efeitos secundários, a imunoterapia pode apresentar vantagens relativamente aos tratamentos de quimioterapia, uma vez que não ocorrem náuseas, vómitos ou alopécia. No entanto, podem existir reações adversas. As mais comuns resultam da agressão do sistema imunológico contra as células normais do organismo. Podem atingir a pele (secura e vermelhidão), o intestino (diarreia e colite), o fígado (hepatites) e órgãos endócrinos.

 

Terapêuticas biológicas 

Inovadoras, as terapêuticas biológicas fazem parte da medicina de precisão e são direcionadas a alterações genéticas e moleculares específicas de algumas células tumorais.

O Centro de Oncologia dispõe de um amplo espaço para a administração dos tratamentos antineoplásicos, incluindo quimioterapia, hormonoterapia, imunoterapia, terapêutica biológica e tópica. Os protocolos de tratamento são padronizados pelos nossos oncologistas e farmacêuticos de acordo com as melhores evidências científicas internacionais disponíveis.
A preparação e a administração das terapêuticas são realizadas por uma equipa de farmacêuticos e enfermeiros com experiência e dedicada à oncologia. O Centro possui equipamentos modernos para a administração e monitorização dos tratamentos, que ocorrem sob vigilância constante de toda a equipa.

 

Cirurgia

A cirurgia participa no planeamento interdisciplinar do tratamento e utiliza as abordagens e técnicas mais recentes e adequadas para o diagnóstico, estadiamento e tratamento do cancro. Os blocos operatórios dispõem de tecnologia avançada, o que permite a realização pelos nossos cirurgiões de toda a cirurgia oncológica, incluindo a de elevada complexidade.
A cirurgia oncológica pode ter uma finalidade de diagnóstico (através de biopsias, por exemplo); tratamento (remoção de tumor); preventiva (remoção de pólipos, por exemplo); reconstrutiva; ou paliativa (alívio de sintomas).
Mais de 50% dos doentes oncológicos realiza pelo menos um tipo de cirurgia, que pode envolver especialidades desde a Neurocirurgia à Ortopedia.

 

Radioncologia

A radioncologia participa no planeamento interdisciplinar do tratamento e coordena a utilização da radioterapia, tratamento que recorre a radiações ionizantes de alta energia com o objetivo de eliminar as células tumorais.
Saber mais sobre radioterapia 

 

Hematologia

As doenças do sangue, como por exemplo as anemias, leucemias, linfomas e mielomas, são abordadas por uma equipa dedicada de hematologistas.
Os tumores hematológicos são os tumores que atingem o sangue. As formas mais comuns são o linfoma, a leucemia e o mieloma, distinguindo-se essencialmente pelos componentes sanguíneos que atacam.
Conheça melhor estes três tipos de tumores: aqui, aqui e aqui
 

Equipas Interdisciplinares

Cada doente é acompanhado por uma equipa interdisciplinar em todas as etapas, desde o diagnóstico até à reabilitação. O Centro de Oncologia do Hospital Lusíadas Lisboa conta com sete equipas interdisciplinares de especialistas. São elas:

Title
Equipa interdisciplinar de mama
Title
Equipa interdisciplinar de tumores digestivos
Title
Equipa interdisciplinar de pulmão
Title
Equipa interdisciplinar de sarcomas
Title
Equipa interdisciplinar de tumores ginecológicos
Title
Equipa interdisciplinar de tumores urológicos
Title
Equipa interdisciplinar de tumores da pele

Contactos

Fale connosco

21 770 40 40

7h às 22h, 365 dias
Chamadas internacionais
+351 21 770 40 40

Lusíadas

Nova app +Lusíadas para mais saúde

Presencialmente

Rua Abílio Mendes

​1500-458

Lisboa